quinta-feira, novembro 22, 2018

A VERDADE SAI DO POÇO

O cérebro pede calma
A mente clama e reclama
O corpo pede cama
E essa alma que não ama!
A Verdade, nua e crua,
Se levanta de seu banho de lama
No fundo do poço, e exclama:
Socorro!


domingo, outubro 28, 2018

DRAGÃO DA MALDADE

O Dragão da maldade
Me invade.
Não me chame de coitado
Pois não vou ficar calado
Vou falar em verso
Vou xingar em letra viva
Até minha palavra o ferir
E minha rima vai servir
Para meter o fogo na fervura
E minha voz, na função candura,
Não vai gritar o rancor
Vai apenas falar de amor.
Mas o amor pode exigir
Que exponha toda nossa dor
No cálice da levedura
Em fermentação, em cor.
Cor que agora é preta.
Mas minha alma é colorida.
Haverá sempre um outro dia
Para cantar nossa poesia.
Dragão, você não me cala,
Seu ódio apenas me embala.

segunda-feira, outubro 22, 2018

PASSO A PASSO

Passo a passo repasso
Sobre meus passos passados.
Busco parte de mim
Deixada no sobrepasso,
Em fenda da trajetória.
Que alegria me reencontrar
Desalinhado em meu espaço
Reajustado em meu compasso
Elegante no traço de minha história.

quinta-feira, outubro 18, 2018

TEM MEDO DE QUÊ?



Tem medo de quê?
Medo de jogar pinga azeda pro santo
De mau-olhado que me dá quebranto
De mulher em meu ombro, em pranto
De escutar o eco de meu canto!

Tem medo de quê?
Tenho medo de mordida de piranha
De jogador que ganha na manha
Da morte acidental do Homem-Aranha
De morrer sem viver mais uma façanha!

Tem medo de quê?
Grande medo de lagarta cabeluda
Também de furúnculo na bunda
De sereia que nada desnuda
De amor que termina na segunda!

Tem medo de quê?
Tenho medo de não mais crescer
De, na hora da verdade, empalidecer
De, diante de seu olhar, emudecer
E na arena da luta, esmorecer!

Tem medo de quê?
Tudo isso é especulação
Resposta fake à sua perguntação
Tenho medo de (quase) nada não
Só mesmo de assombração!

segunda-feira, outubro 01, 2018

NOTAS DE LEITURA EM REVISTA DE BORDO 26



      01. Fotos de publicidade de lingerie em revistas mudaram. Agora mostram mulheres vestidas com peças belíssimas e se divertindo com ... outras mulheres. Os homens estão perdidos, ou se perderam totalmente no caminho da vida.
   02. Já as propagandas de ações empreendedoras continuam mostrando homens tomando decisões acertadas. Algumas coisas não mudam e é por isso que os homens estão perdendo e se perdendo.
   03. Os produtos alimentares orgânicos estão entrando para valer no mercado. Só que para uma clientela que pode pagar por elas. É o apelo à sofisticação. Os pobres podem continuar comendo porcaria.
   04. Laura Jane Grace, cantora americana de punck rock, e mentora de minha personagem Ritinha, lança livro de memórias.
   05. O escritor Luiz Ruffato está com tudo. Estive com ele sesta, 28 de setembro, em festival literário em São João del Rei. Tenho foto no Instagram que comprova. Hoje leio sobre ele em revista de bordo.
   06. Segundo Clovis, o tamanho do desejo se mede pelas dificuldades enfrentadas para satisfazê-lo. Penso que preciso mudar meus desejos de patamar e sair para a aventura. O meu desejo agora é comer um pão de cereais rústico. Salto do avião?
   07. Sonho em andar calmamente de bicicleta pelas ruas da cidade, sem temor de atropelamentos. Devo mudar-me para Copenhague?
   08. Preciso recuperar meus prazeres. Não dá mais para vive-los em família, em uma cozinha. Então, tem início meu processo de aprendizagem em gastronomia solitária.
   09. Outro prazer esquecido: o de andarilho. Revivendo. Eu nasci na beira da estrada e só fui ter endereço fixo aos cinco anos. Hora de voltar a esta vida.
   10. As mulheres estão, de fato, crescendo e sendo ativistas e protagonistas em diversas áreas. Agora temos uma pajé em tribo acreana.
   11. Espaços colaborativos de trabalho pipocando pelo país. Hora de fazer isso também? Pensar em uma editora produtora de conteúdo sem um galpão de estoque. Imprime e vende.
   12. Preciso de um treinamento para aprender a usar, de maneira lucrativa, algo em que eu sou bom. Ajudar as pessoas a escreverem e executarem seus projetos.
   13. De quais tecnologias, entre as que usamos hoje, podemos prescindir? Quais delas são mais invasivas à nossa privacidade? Depende se queremos ser públicos ou privados. Um dos maiores escritores brasileiros da atualidade não bebe, não fuma, não cheira, não dirige automóveis e não usa mídias sociais. E todos o reconhecem.

terça-feira, setembro 25, 2018

MÃOS



Use tuas mãos
Quando teu pensamento
Vagar sobre meu corpo.

Lembre-se do calor de tuas mãos:
Ele sempre entra em sinergia
Com o calor que exala de meu corpo.

Passe creme em tuas mãos
E sinta o macio deslizar
Delas sobre meu corpo.

Sinta concretamente tuas mãos
E venha rápido até mim
Para sentir o efeito delas sobre meu corpo.

Não pense em tuas mãos
Nem mesmo pense em mim:
Apenas viva tuas mãos em meu corpo.

sexta-feira, setembro 07, 2018

PROJETO PARA VIVER A "SOLITARIEDADE"


SITUAÇÃO PROBLEMA
Após completar 65 anos estou descasado, solteiro, solitário. Ganhei um "ciao, amore" de minha mulher que se manda para a Itália, viver outra vida. Vai ficar um ano e me deixa tomando conta de nossa casa até sua volta, quando oficializaremos nosso divórcio. O problema a ser enfrentado reside no fato de que estarei solitário a partir de então, coroa, com chatices de coroa, ficando surdo, com a memória fugindo, e o pau brochando de vez em quando.

OBJETIVOS
Apesar de tudo, tenho o propósito de levar uma vida saudável, feliz por opção, bem humorado por necessidade de sobrevivência, com alguns amigos e amigas interessantes e buscando, quem sabe, nova companheira.

PROCEDIMENTOS
Listo aqui alguns procedimentos básicos para atingir os objetivos acima e antecipar e/ou resolver os problemas de "solitariedade" com solidariedade dos amigos. Para ter uma vida saudável fazer atividade física, variável, todos os dias e alimentar-me bem e leve. As atividades físicas que mais me agradam são: nadar em cachoeira, caminhar no mato, pedalar (se tiver companhia, melhor ainda). Preciso também de fazer musculação, por necessidade e não por prazer. 
Para a saúde mental, música, cinema, dança, conversas com amigos e conhecidos (fazer amizades novas). Trepar pelo menos uma vez por semana. Muita leitura e escrever muito.
Como trabalho investir na literatura (tanto escrever, quanto publicar), dar palestras, ter clientes coaching (carreiras e projetos).
Gastar menos e aprender a vender para ganhar dinheiro. Investir em minha imagem.

RESULTADOS ESPERADOS
Em um ano, recuperar o equilíbrio financeiro, estar bem comigo mesmo (solitário ou não), saudável e rejuvenescido. Ter vários livros meus e de outros publicados e com boas vendas. Ter vários clientes de coaching e receber muitos convites para palestras. Ter um bom saldo postivo na conta bancária, um carro novo e uma nova moradia.