quarta-feira, julho 12, 2006

Escritura da dança

Escritura da dança
se desfaz no movimento
Leitura da dança
permanece por um momento
Movimentos são deslocamentos
Momentos são efêmeros
Corpo estava aqui
neste espaço que se consolida
com sua presença
Não está mais.
Pêndulo em movimento
vai e vem
mas o que vai
não é o mesmo que vem.
Tempo que se eterniza
no movimento
que se sincroniza
se desmancha
neste corpo que dança.
Eterno e síncrono
etéreo movimento.

Postar um comentário