sexta-feira, julho 21, 2006

Re-ame


Não desame.
Re-ame
Reclame.
Reclame muito
até o desamor desaparecer
no depósito de lixo
e ser icinerado como bicho
morto.
Torto esse desamor.
Sem louvor.
Vexame.
Re-ame
Reclame do torpor reacendido
na vaga do amor-desamor.
Re-exame
de um a dez todos os pecados
gravados nas tábuas das leis
rasgados
algumas leis devem ser revistas
desobedecidas
re-editadas
como medidas provisóras
e votadas
voltadas para o nada.
Vexame
reclame
re-arme
desarme
não desame.
Me ame.


Postar um comentário