sexta-feira, fevereiro 27, 2009

Espectador e espectáculo



Sou um espectador,

quero o espectáculo

quero a obra de arte

não a realidade empírica da vida.

Essa, eu a vivo cotidianamente

mesmo sabendo que ela nos engana.

O espectáculo, quero transforma-lo em realidade.

De qualquer modo,

a vida é um fenômeno

(espectáculo) puramente estético

onde espectador e actor se mesclam

na contemplação e no saboreamento

dos prazeres clássicos quase imortais

desde Homero e Sófocles.



Postar um comentário