sexta-feira, março 27, 2009

PALAVRAS CAPTURADAS II



Meu desconforto com mundo
se materializa
em formas
fotos
cinema
letras grafadas
em suporte de papel.
Suporte, travador de afetos
deslocador das imagens
paradoxos da linguagem.

Os livros de anatomia
nada dizem sobre movimentos
não mostram deslocamentos
só as curvas dos músculos em repouso.
Mas corpo de bailarina
(de bailarino)
não repousa nem na pausa.
O suporte sim, se estabelece
o suporte permanece
desencadeia a memória.
Memória não é real
depende, sim, de papel,
de cheiro
do objeto esquecido
da imagem disparada.

Imagem paisagem
observação captura
curiosidade.
O artista sempre tenta 
colocar o ovo no eixo vertical.
Navegador quebra o ovo
não para fazer omeletes
mas para exibir sua arrogância.
Viva minha ignorância
sobre ovos e navegações.


Postar um comentário