quinta-feira, janeiro 28, 2010

VALE A PENA VIVER Nº 01



Gosto de cozinhar.
Lavo as vazilhas, limpo a pia e o fogão,
organizo os igrediantes do dia.
Antes de qualquer continuação abro uma cerveja
coloco o copo na prateleira ao lado do fogão
descasco e pico as cebolas:
o primeiro gole vem antes da primeira lágrima
(quem não chora ao descascar cebolas?)
O copo se esvazia aos poucos
entre o cheiro dos temperos
e a leve fumaça que se evolui
como passista de escola de samba
na pista de dança
e aquela provadinha do molho na palma da mão.
O último gole fica para o mágico momento de por a mesa.
E espero o sorriso de aprovação dos comensais.
Isso vale uma vida.

Postar um comentário