quinta-feira, julho 15, 2010

CURTA NÚMERO 10



É sempre possível fazer poesia
mesmo com pétalas falsas
e pedras de bijuterias.

Postar um comentário