quarta-feira, fevereiro 16, 2011

CURTA 34


Escrevo para tingir pensamentos
com cores múltiplas
de minha aleatória caminhada.
São cores, ao menos,
fractais de uma existência
plena de acasos
saciada de encontros
mas sempre em busca
de uma porta secreta
a outros mundos.

Postar um comentário