sexta-feira, setembro 23, 2011

CURTA 125

A poesia existe
para nos fazer eternos:
enfrentar o mistério da morte
compreender o trágico da vida.
Registros de humanidades.

Postar um comentário