domingo, abril 22, 2012

NOTAS DE LEITURA EM REVISTA DE BORDO 3



1. Os rituais tem semelhanças às formas de atuar em cenas de cinema e teatro. Os pajés e xamãs tem razão.


2. Desejo, arrependimento, esperança e amor continuam temas de canções, mesmo rock'n roll, desde que narradas com formas e vozes diferentes. Breguice sempre faz sucesso.


3. Sempre existem novas formas de trabalhar. Provavelmente também de ficar à toa.


4. A criatividade salta dentro de nós sem bater e desaparece da mesma forma. Se não anotamos a ideia, ela voa. Contra voos cegos da criação, caneta e bloco de notas.


5. Nas grandes cidades a hora do rush é a qualquer hora. Única solução possível: ficar em casa.


6. São Paulo é a décima cidade mais cara do mundo, mais que Paris e Londres. Isso a gente sente no bolso na descida do avião.


7. A "Teoria da Deriva" é uma técnica  para andar sem rumo seguindo ideias aleatórias e de última hora, experimentar novas percepções, lugares e sensações. Meu esporte favorito foi teorizado. 


8. Evolução é sempre revolução. Sem bula.


9. Ser radical tem seu alto preço! A questão é: pagar ou não pagar?


10. A cachaça Havana continua a melhor do Brasil (essa eu sei por sabedoria própria, construída em degustações homeopáticas frequentes).


11. Os bares da terra da cachaça não vendem as marcas famosas. Só as curraleiras da terra. A preços compatíveis. 


12. Somos originais quando dialogamos. Calados repetimos o silêncio de todo mundo.

Postar um comentário