quinta-feira, agosto 16, 2012

CURTA 171


Quando eu digo SOME,
não é para sumir,
é para somar.
Quando eu digo TOME,
não é para se apropriar,
é para beber.
Quando eu digo NADA,
não é a expressão do vazio,
é para cair na água.

Postar um comentário