segunda-feira, novembro 12, 2012

PROJETO 02

PARA SALVAR ÉDIPO DA CEGUEIRA

PROBLEMA: Édipo arranca os próprios olhos quando descobre que, ao tentar correr contra o destino, ele se afunda mais nos caminhos traçados pelos oráculos.

OBJETIVO: Propor um programa de coaching-terapia para Édipo não acreditar demais em destino e oráculos e cuidar mais de sua própria vida.

PROCEDIMENTOS: Mostrar a Édipo que o conflito entre destino e livre arbítrio é um falso conflito. O homem é o responsável por suas próprias tragédias.

RESULTADOS ESPERADOS: Não fosse Édipo tão impulsivo e de humor oscilante (bipolar?) não teria matado Laio por motivo tão banal. Não fosse Édipo tão vaidoso de sua inteligência não teria casado com Jocasta como prêmio de sua vitória sobre a Esfinge de Tebas. Também não leríamos esse maravilhoso clássico de Sófocles sobre a natureza humana, nem Freud teria avançado na psicanálise ao tentar desvendar um complexo universal.

Postar um comentário