quarta-feira, outubro 02, 2013

OBJETOS, QUASE.


Objetos plenos de nada,
Somatório de buracos, rede.
Nada, mais quase nada
é igual a objeto.

Xícara de chá, lápis,
copo de plástico,
livro de poesias,
garrafa de cerveja
cheia ou vazia
dá no mesmo:
tudo embriaga.
Postar um comentário