sexta-feira, novembro 29, 2013

CURTA 222


Entrei trôpego no fundo do mar
saí sóbrio mais que molhado ao acordar.
Na dança dos golfinhos sonhei
nos sonhos abissais solicitei
à vida, em ciclos, que viva
sua morte que os ocasos ativa.


Postar um comentário