sábado, dezembro 21, 2013

CURTA 224


Flor é flor, mas despetala.
Alegria se desalegra
só de quando em vez.
Aquela, de sorriso solto,
sempre volta a se apoderar do rosto
em que se hospeda.


Postar um comentário