sexta-feira, novembro 27, 2015

CANDICE BERGEN


Eu era amado por Clarice,
por Doralice 
e Berenice.
Mas eu amava Candice,
uma ilusão cinematográfica.
Candice quase não atua mais
e o cinema,
onde eu a encontrava
furtivamente,
foi transformado em igreja evangélica.
Uma perdição.


Postar um comentário