sábado, dezembro 12, 2015

CURTA 257


Um fandango não escreve sobre a morte
nem espera sentado por ela.
Ele sonha com a vida
critica e curte suas incertezas
para esquecer a certeza do fim!

Postar um comentário